quarta-feira, 7 de julho de 2010

Como ficou a casa agora...

Demorei para atualizar porque muitas coisas aconteceram, inclusive uma não muito boa...

A Maki se adaptou bem à casa nova e ao Calvin, agora os dois dormem juntinhos, amassam pãozinho e o Calvin fica lambendo a filhotona o tempo todo. Ela ainda não aprendeu direito a miar, sai um "miah" engraçado, bem feminino, como se fosse pra mostrar que é moça mesmo. Só que resolveu fazer cocô no azulejo... do banheiro, graças a Deus, então coloquei uma mini-bandeja com areia atrás da porta do banheiro e deu certo, ela faz xixi e cocô lá. Ontem que resolveu fazer cocô no banheiro do meu quarto, mas isso resolvi fechando a porta.

E o Miu... infelizmente tive que devolvê-lo para o Adote Um Gato. Foram 10 dias na tentativa de adaptá-lo, com florais na água, deixando ele ficar o dia inteiro entocado no tapete enrolado no quintal, ou entocado dentro da banheira da suite, ou dentro do armário, mas o problema é que, à noite, ele saía e fazia xixi e cocô no sofá onde a nenê dorme durante o dia. Chamei a lavanderia duas vezes, limpei tudo e deixei ele no quintal, mas não era justo com o Calvin, que sempre teve acesso livre à casa, e passou a ser restrito no quintal junto com os outros gatos. E quando o deixei no quintal à noite, miou a madrugada inteira, enquanto do lado de dentro da casa, minha filha chorava inconsolavelmente, tentando dormir.

O bom é que hoje recebi a notícia que ele está em um lar temporário, com pessoas com mais paciência e disponibilidade do que eu para adaptá-lo e mostrar que existem humanos bons neste mundo. É como a Mari disse... cada gato tem sua tampa. E estou muito feliz em ver que o Miu está encontrando a dele.

2 comentários:

Raay Pereira disse...

que bom q o miu achou um lugar melhor pra ele to torcendo pra ele se adaptar a novo lar

paulo disse...

MEU GATO KINDEROVO
Ontem dia 13/07/2010 tinha tudo para ser um dia ótimo, acordei, fui trabalhar como sempre, cheguei em casa, como estou de ferias da facul, fomos jantar fora, até ai tudo bem, depois do jantar estávamos vindo embora, de repente o celular toca, meu vizinho me dando uma péssima noticia de que meu GATO vulgo KINDER OVO (de cor preto por fora, branco por dentro) tinha sido atropelado, e que estava morto em frente a minha casa, cheguei e me deparei com aquela situação, nossa, foi muito triste, chorei largado...engraçado que foi minha irmã que adotou ele, no começo eu falava que não queria que ela ficasse com o gato, que ele iria dar trabalho etc, mas pelo contrário, ele trouxe muita alegria para nossa casa, engraçado que o KINDER só comia quando eu preparava a ração dele, caso contrario não fazia questão... mas é isso, todos nós seres vivos só estamos de passagem, guardo a lembrança do meu animal que mostrava muito amor, um amor sincero, que nós seres humanos não conseguimos explicar...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...